• pedroncarolina

O BELO GATO SIAMÊS

Atualizado: 23 de Dez de 2020

De Roger Pereira do 2 MSI A | IFSVS


Imagem de Roger

Esta quadra no bairro do aluno foi a inspiração para o conto.


Em um bairro humilde, da cidade Nova Esperança do Sul, morava um garoto de 16 anos que gostava muito de jogar bola. Havia naquele bairro, várias outras brincadeiras como: taco, pega-pega, esconde-esconde e também havia uma quadra de futsal próxima de um grande morro. Era naquele lugar que o menino se divertia, fazendo vários amigos ao longo dos anos e vivendo várias experiências.


Em um certo dia, como de costume, o moleque pegou sua bola e foi em direção à quadra. Chegando lá, encontrou uma moça que nunca tinha visto naquelas redondezas. Mas aconteceu algo inusitado, o garoto começou a ficar nervoso, com as mãos vertendo água e aumentou a temperatura do corpo. Se apaixonou.


Mesmo todo desengonçado, mal vestido e sem noção de como abordar uma garota, se arriscou.


- “Boa tarde, moça bonita!” Disse o menino com uma voz trêmula e insegura.


- “Oi!” Sem nem olhar para o garoto, respondeu a moça.


- “Notei que você é nova por aqui, senti algo muito diferente quando lhe avistei.”


- “Só sinto algo diferente quando vejo meninos ‘gatos’, que já não é o seu caso.”


O pobre garoto ficou com o coração partido, perdeu até a vontade de jogar futebol. Cabisbaixo voltou para casa, foi quando avistou um objeto dourado, do lado de um amontoado de folhas. Logo, percebeu que se tratava de uma lâmpada mágica. Apanhou o objeto e fez o que qualquer um faria, esfregou a mão na lateral da lâmpada e aguardou o suposto gênio que lhe realizaria todos os seus pedidos.


Três segundos depois, foi coberto por uma fumaça rosa que saía da ponta da lâmpada, era ele mesmo. O menino, que por instantes, achou que era um sonho ou coisa da sua própria cabeça, não acreditava.


- “Você tem direito a um pedido. Apenas um.” Disse o sábio, saudando o garoto.


Poderia fazer vários pedidos, mas como ainda estava magoado com o recente acontecimento, fez o seguinte pedido:


- “Quero ser o gato mais bonito da cidade.”


- “Seu pedido é uma ordem.” disse o gênio, sumindo na mesma fumaça que apareceu.


Segundos depois, o menino se tornou um belíssimo gato siamês. Sem sombra de dúvida, o mais bonito da cidade.


Moral da história: Cuidado com o que desejas, independente da circunstância.

25 visualizações0 comentário

© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • Branco Ícone Google+