Paródia do João Otávio

Atualizado: 21 de Mai de 2019

E agora, José?


O fim do mês chegou,

Ás contas vieram,

O dinheiro acabou,

Seu semblante mudou,

E agora, José?

E agora, você?

Seu sucesso sumiu,

Sua vida mudou,

A curtição terminou,

E agora, José?



Está sem amigos,

Não possui mais luxos,

Não possui mais relações de afeto,

Não pode mais gastar,

Não pode mais sair,

Suas ações mudaram,

Está a viver uma vida solitária,

Tentando fugir da realidade,

Buscando voltar ao passado,

E agora, José?



E agora, José?

Sua vontade de crescer,

Seu instinto de ser sempre o melhor,

Seu conhecimento,

Sua vida cheia de regras,

Seu modo de pensar,

Sua gula – e agora? Sumiu!



Com as portas abertas,

Com várias chances,

Tudo isso acabou?

Desistiu do que queria,

Tudo pela sua infantilidade,

Pois talento você tinha de sobra.

José, e agora?




Se você tivesse sido maduro,

Se tivesse trabalhado mais,

Se esforçado mais,

Se melhorasse com as críticas,

Se fosse mais simples,

Se tivesse separado suas obrigações,

Mas você não separou,

Achou que poderia viver daquele jeito, né José!



Sozinho na sua casa,

Sem vontade,

Sem confiança,

Abalado pelas críticas,

Acabou deixando o sucesso subir a sua cabeça,

Que pena,

Como você pensa em resgatar seu prestigio,

Sair da miséria, José?

José, como?

36 visualizações

© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • Branco Ícone Google+