Paródia do Luís Henrique

Atualizado: 24 de Mai de 2019

E agora, José? A internet acabou, a luz apagou, o dinheiro sumiu, a manhã chegou,

e agora, José? e agora, você? você que é sem vida social, que não sai com os outros, você que não faz nada da vida, que não ama, não vive?



e agora, José?

Está sem mulher, está sem carinho, está sem emprego, já não pode jogar, já não pode olhar vídeos, olhar redes sociais já não pode, a manhã chegou, a internet não veio, a água não veio, o riso não veio, não veio a luz sua herança acabou e tudo fugiu e suas contas chegaram, e agora, José?

Sua louça na pia, seu instante de febre, sua fome e jejum, sua casa suja, sua doença, seu facebook, sua “vida”, seu ódio - e agora?



Com o telefone na mão quer ligar para a família, não existe família; quer ligar para a mãe , mas sua mãe morreu; quer ir para seu pai, seu pai não há mais. José, e agora?

Se você ligasse, se você perguntasse se você tentasse se você não dormisse, se você atendesse, se você soubesse... Mas você não fez, você é burro, José!

Sozinho no escuro sem saber da sua família, sem vida, sem dinheiro para se encostar, sem carro sem ter para onde ir você está sozinho, José! José, para onde?



0 visualização

© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • Branco Ícone Google+