Paródia do Luís Henrique

Atualizado: 24 de Mai de 2019

E agora, José? A internet acabou, a luz apagou, o dinheiro sumiu, a manhã chegou,

e agora, José? e agora, você? você que é sem vida social, que não sai com os outros, você que não faz nada da vida, que não ama, não vive?



e agora, José?

Está sem mulher, está sem carinho, está sem emprego, já não pode jogar, já não pode olhar vídeos, olhar redes sociais já não pode, a manhã chegou, a internet não veio, a água não veio, o riso não veio, não veio a luz sua herança acabou e tudo fugiu e suas contas chegaram, e agora, José?

Sua louça na pia, seu instante de febre, sua fome e jejum, sua casa suja, sua doença, seu facebook, sua “vida”, seu ódio - e agora?



Com o telefone na mão quer ligar para a família, não existe família; quer ligar para a mãe , mas sua mãe morreu; quer ir para seu pai, seu pai não há mais. José, e agora?

Se você ligasse, se você perguntasse se você tentasse se você não dormisse, se você atendesse, se você soubesse... Mas você não fez, você é burro, José!

Sozinho no escuro sem saber da sua família, sem vida, sem dinheiro para se encostar, sem carro sem ter para onde ir você está sozinho, José! José, para onde?



16 visualizações

© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • Branco Ícone Google+